Home Portal Notícias Pnad mostra aumento de trabalhadores com carteira assinada em 2013

Pnad mostra aumento de trabalhadores com carteira assinada em 2013

4 min read
0
trabalhadorprivado
 
O número de trabalhadores do setor privado com carteira assinada aumentou de 75,5% no primeiro semestre de 2013 para 76,4% no segundo trimestre do ano passado, de acordo com a primeira divulgação da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os dados foram divulgados na sexta-feira (17). 
 
Seguindo a mesma tendência, houve redução dos trabalhadores sem carteira no setor privado em relação a igual período de 2012, passando de 24,5% para 23,6% no segundo trimestre de 2013. A nova pesquisa abrange dados mais amplos sobre o emprego em 3.500 municípios e será divulgada a cada três meses. 
 
A partir de 2015, a nova pesquisa substituirá a Pesquisa Mensal de Emprego (PME), do IBGE, que abrange apenas seis regiões metropolitanas, e também a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), que busca informações referentes apenas ao mês de setembro de cada ano.
 
A taxa de desocupação no Brasil ficou em 7,4% no segundo trimestre de 2013, com leve queda em relação ao verificado no mesmo trimestre de 2012, quando a taxa de desemprego foi de 7,5%. No primeiro trimestre de2013, a taxa tinha sido de 8,0%. Em junho, o desemprego era de 6%, segundo Pesquisa Mensal de Emprego. 
 
A população desocupada no Brasil (7,3 milhões de pessoas) caiu em relação ao trimestre anterior (7,8 milhões). Em relação ao segundo trimestre de 2012, manteve-se estável. Já a população ocupada passou de 89,4 milhões no primeiro trimestre de 2013 para 90,6 milhões no segundo trimestre, acima dos 89,6 milhões do segundo trimestre de 2012. No segundo trimestre de 2012, a população desocupada se manteve em 7,3 milhões. 
 
Esses são os primeiros dados da taxa de desocupação com periodicidade trimestral para todo o território nacional da Pnad Contínua que abrangem Brasil e grandes regiões, desde o início de 2012 até o primeiro semestre de 2013. 
 
Os números mostram que 90,6 milhões de pessoas tinham alguma ocupação no segundo trimestre de 2013, contra os 89,4 milhões no trimestre anterior. No segundo trimestre de2012, apopulação ocupada somava 89,6 milhões de pessoas. 
 
Portal Brasil – Blog do Trabalho
Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Aumento da violência contra indígenas é reflexo do governo genocida de Bolsonaro, denunciam petistas

Com um governo que se mostra cada vez mais preconceituoso e contra os povos tradicionais, …