Home Portal Notícias “EUA e aliados devem encerrar espionagem”, diz presidenta Dilma

“EUA e aliados devem encerrar espionagem”, diz presidenta Dilma

3 min read
0

espionagemamericana

A presidente Dilma Rousseff criticou na manhã desta segunda-feira, 7, as ações de espionagem sobre o Brasil, por meio de sua conta no microblog Twitter. “A denúncia de que Ministério Minas e Energia foi alvo de espionagem confirma as razões econômicas e estratégicas por trás de tais atos”, criticou, em relação a novas acusações de que o monitoramento teria focado informações do Ministério de Minas e Energia (MME).

Novas denúncias do ex-agente da CIA, Edward Snowden, revelam que o MME também foi espionado, agora por iniciativa da agência de inteligência canadense. Antes, já havia denúncias de que a NSA (National Security Agency), a agência nacional de segurança norte-americana havia checado, inclusive, informações da presidente Dilma. Esses dados foram revelados em reportagem exibida no domingo (6), pelo programa “Fantástico”, da Rede Globo.

“É urgente que os EUA e seus aliados encerrem suas ações de espionagem de uma vez por todas”, postou hoje Dilma. “Isso é inadmissível entre países que pretendem ser parceiros. Repudiamos a guerra cibernética”, destacou a presidente, no Twitter. “Tudo indica que os dados do NSA são acessados pelos cinco governos e pelas milhares de empresas prestadoras de serviços com amplo acesso a eles”, desaprovou.

A reportagem apresentada ontem trouxe documentos secretos de Snowden contendo informações sobre como a rede do MME teria sido invadida pela agência canadense, com o rastreamento das linhas de telefonia fixa e móvel, além de e-mails enviados por servidores do ministério. De acordo com a denúncia, até mesmo o ex-embaixador brasileiro no Canadá, Paulo Cordeiro, teria tido comunicações interceptadas.

das agências

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Frei Anastácio denuncia a liberação de mais 32 novos agrotóxicos

O deputado federal Frei Anastácio (PT-PB) alertou que Bolsonaro já começou o ano com a lib…