Home Portal Notícias Retomada de integração do Rio São Francisco é duro golpe na oposição que prometeu e não fez obra, diz Líder

Retomada de integração do Rio São Francisco é duro golpe na oposição que prometeu e não fez obra, diz Líder

4 min read
0

lider-plenario-011013

Foto: Salu Parente/PT na Câmara

O Líder da Bancada do PT, deputado José Guimarães (CE) ocupou a Tribuna da Câmara nesta terça-feira (1º) para reiterar a importância da iniciativa do governo Dilma de retomar as obras do Projeto de Integração do Rio São  Francisco, que integra o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). “A retomada das obras demonstra o compromisso que os governos do PT têm com a região nordeste e com o povo nordestino. Além disso,  é um duro golpe na oposição que torcia para que a obra não fosse concluída. A oposição passou 100 anos prometendo essa obra. Nas duas campanhas do FHC eles prometeram a obra. No entanto, os governos do PT é que vão deixar a obra praticamente concluída”, ressaltou o líder petista.

Para José Guimarães, há uma identidade política muito forte do PT com a região nordeste e esta ação de retomada das obras de integração do Rio São Francisco é uma grande vitória para a região.  “Nos governos do PT, que têm raízes no nordeste, a região deixou de ser exportadora de mão-de-obra desqualificada para a indústria automobilística de São Paulo para se tornar porta de entrada de crescimento e desenvolvimento”.

O líder petista lembrou as ações do governo federal que levam desenvolvimento para a região nordeste. Entre elas os programas de transferência de renda como o  Bolsa Família e as obras do PAC. “Esses programas, que a oposição dizia que eram esmola, ajudam a movimentar a  economia local. Isso, juntamente com as obras estruturantes, dão sustentabilidade ao processo de desenvolvimento do nordeste e geram uma quantidade de empregos – hoje já emprega 6.300 pessoas –  jamais vista na história do Nordeste brasileiro”.

“Com essa obra, feita  pela  dois governos do PT, Lula e Dilma, vamos ter a possibilidade concreta de termos uma convivência saudável com as estiagens e com as secas, que se alastram sempre no Nordeste brasileiro. É motivo de muita comemoração a retomada dessas obras que, pelo cronograma estabelecido pelo Ministério da Integração, serão inauguradas no final de 2015 e vão beneficiar 12 milhões de pessoas”, frisou o líder José Guimarães.

Gizele Benitz

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Aprovada proposta do PT e do PSOL que garante prioridade para mulher chefe de família no auxílio emergencial

O plenário aprovou nesta terça-feira (2), o projeto de lei (PL 2835/20), do deputado José …