Home Portal Notícias Em seu sexto mandato em prol do Brasil e da democracia, Genoino pede aposentadoria por invalidez

Em seu sexto mandato em prol do Brasil e da democracia, Genoino pede aposentadoria por invalidez

4 min read
0

GENOINO-050913

O deputado José Genoino (PT-SP) entrou com pedido de aposentadoria por invalidez na Câmara dos Deputados. A informação é do gabinete do parlamentar, que divulgou nota nesta quinta-feira (5) explicando o motivo para a solicitação da aposentadoria. “O deputado entrou com o pedido de aposentadoria integral por invalidez decorrente de acometimento de cardiopatia grave. No dia 24 de julho, Genoino foi diagnosticado com dissecção de aorta e foi submetido a uma cirurgia em caráter de emergência”, diz a nota.

Em anexo ao pedido de aposentadoria, foi protocolado um relatório médico assinado pelo médico Roberto Kalil Filho, contendo o histórico de saúde do petista.  Foi anexado também o relatório do Hospital Sírio Libanês, assinado pelo Dr. Kalil e pela cardiologista Fernanda Seligmann Feitosa, relatando o estado clínico do deputado José Genoino, os procedimentos médicos que foram realizados, data da alta médica (20/08/13) e a recomendação de repouso absoluto por mais 30 dias, após a data da alta.

No período em que o deputado José Genoino esteve internado no Sírio Libanês, ele também sofreu uma isquemia cerebral – obstrução da circulação sanguínea no cérebro -, prontamente revertida.

Perfil – José Genoino está no seu sexto mandato parlamentar pelo PT.  Ele integrou o quadro eletivo da Câmara por cinco mandatos consecutivos, sendo que em 2002 foi eleito com a maior votação nacional em números absolutos. Genoino chegou ao Congresso em 1982 e a sua luta nesse primeiro mandato foi por uma Assembleia Nacional Constituinte exclusiva. No segundo ajudou a escrever a Constituição Federal de 1988 e no terceiro (1991 -1994) teve atuação importante na CPI do caso PC (Paulo César Farias), que levou à destituição do ex-presidente Fernando Collor.

Na quarta legislatura combateu o neoliberalismo e defendeu que o PT apresentasse propostas de reformas alternativas. E no quinto mandato teve atuação na luta pela democracia e pela igualdade social.

Liderança – Genoino foi líder da Bancada do PT por duas vezes, em 1991 e em 1999. Em 1998 atuou como vice-líder na Câmara. Foi da Direção Nacional do partido no período de 1993-1994. Além de ter ocupado a vice-presidência nacional em 2000.Fora do Parlamento, por ter disputado o governo de São Paulo em 2002, Genoino assumiu a presidência nacional do PT de 2003 até 2005.

LEIA MAIS

Vânia Rodrigues

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Boletim 598 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 598 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia Direto de Curitiba – 11/10/…