Home Portal Notícias Petistas são unânimes na defesa do Programa Mais Médicos e rechaçam hostilidade a estrangeiros

Petistas são unânimes na defesa do Programa Mais Médicos e rechaçam hostilidade a estrangeiros

5 min read
0

bohngass-fferro-joaoplima-uczai-valmir

Parlamentares da Bancada do PT ocuparam a Tribuna nesta terça-feira (27) para elogiar a iniciativa do governo brasileiro  de trazer médicos estrangeiros para atender a população mais carente e, também, para rechaçar a “hostilização” que alguns médicos brasileiros estão fazendo com os estrangeiros.

O deputado Bohn Gass (PT-RS) afirmou que o povo brasileiro saúda a vinda dos médicos cubanos e de outras nacionalidades. “Rechaço essa hostilidade em relação aos médicos por parte da corporação médica, e, ao mesmo tempo, registro a satisfação deste programa, que é um grande acerto do governo Dilma para o povo brasileiro ter médicos”, disse.

Para o governo Dilma, acrescentou Bohn Gass, “o que interessa  é que os brasileiros que vivem nas periferias das grandes cidades e nos municípios do interior, onde nossos médicos não querem trabalhar, tenham direito à saúde”.

O deputado Fernando Ferro (PT-PE) criticou a postura da mídia em relação à vinda dos médicos estrangeiros. “Estou aqui  com uma revista Veja de 1999 em que é dito médicos cubanos são bem-vindos.  O milagre vem de Cuba. A revista Veja elogiava os médicos cubanos e a imprensa brasileira saudava isso como positivo. Hoje, a revista Veja chama os médicos de escravos de jaleco e os comunistas estão chegando. Vejam o nível de irresponsabilidade dessa mídia, que está tolhida pelo debate ideológico”, ressaltou.

“Prefeitos do PSDB e do DEM estão pedindo médicos cubanos. Então, só posso explicar esta resistência no parlamento  como uma doença insensata da Oposição, que coloca esse preconceito contra os médicos cubanos que vêm ajudar a medicina aqui no Brasil”, afirmou o deputado Fernando Ferro.

Para o deputado João Paulo Lima (PT-PE), o governo federal mostrou que tem ousadia e coragem para defender o povo brasileiro. “Defender o povo, sobretudo,  contra o preconceito político, contra o interesse corporativo na área da saúde, contra a mercantilização da medicina. E o Programa Mais Médicos conta com a aprovação da enorme maioria do povo brasileiro”, disse.

O deputado Pedro Uczai (PT-SC) também cumprimentou a presidenta Dilma “pela ousadia e determinação em construir uma política pública na área da saúde com o Programa  Mais Médicos e a ampliação de vagas do curso de Medicina para os brasileiros se formarem e garantir mais saúde ao povo brasileiro”.

Na avaliação do deputado Valmir Assunção (PT-BA), são  os setores conservadores que provocam a “celeuma” sobre a vinda dos médicos cubanos. “Enquanto se estabelece  uma discussão, motivada por setores conservadores da sociedade e pelo poder classista da categoria médica, com os argumentos de salários pagos aos cubanos e uma suposta ausência de qualificação dos mesmos, não se está levando em conta que os médicos só chegaram ao Brasil porque uma parte dos próprios médicos brasileiros, chamados para participar do programa Mais Médico, recusou-se a ingressar no programa”, disse.

LEIA MAIS

Gizele Benitz

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Frei Anastácio denuncia a liberação de mais 32 novos agrotóxicos

O deputado federal Frei Anastácio (PT-PB) alertou que Bolsonaro já começou o ano com a lib…