Home Portal Notícias Petistas homenageiam Fundação Palmares e destacam luta pela igualdade racial

Petistas homenageiam Fundação Palmares e destacam luta pela igualdade racial

8 min read
0

sessaosolene-190813

Foto: Gustavo Bezerra/PT na Câmara

Deputados do PT participaram nesta segunda-feira (19) de sessão solene da Câmara em homenagem aos 25 anos da Fundação Cultural Palmares. A instituição pública se dedica às questões afro-brasileiras. Para o deputado Edson Santos (PT-RJ), que propôs a sessão solene, a Fundação Palmares “é uma referência nacional e internacional na formulação de políticas públicas que potencializam a participação popular negra no país”.

 Edson Santos, ex-ministro da Secretaria de Promoção e Igualdade Racial na gestão de Lula, também enfatizou o papel da instituição na certificação das comunidades remanescentes dos quilombolas; no combate ao racismo; na promoção da igualdade racial; na diversidade cultural e na luta pela cidadania no exercício dos direitos e garantias individuais previstos na Constituição Brasileira de 1988.

Ao discursar em nome da bancada do PT, o deputado Paulão (AL) registrou a importância do trabalho realizado pela Fundação Palmares e de Zumbi dos Palmares, símbolo da resistência e da luta contra a escravidão, “e que lutou pela liberdade de culto, religião e prática da cultura africana no Brasil Colonial”.  Paulão também ressaltou as conquistas da população negra nos governos do PT com a criação da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), no governo do ex-presidente Lula e o Plano Juventude Viva,  no governo da presidenta Dilma, cujo objetivo é enfrentar a violência contra a juventude brasileira, em especial os jovens negros de 15 a 29 anos, principais vítimas de homicídios no Brasil. “O governo federal lançou a primeira fase do Plano, com ações voltadas para o estado de
Alagoas, já  que Maceió é a capital com maior índice de violência contra jovens e negros’, disse Paulão.

Na avaliação do deputado Fernando Ferro (PT-PE), que falou pela liderança do governo, o momento é de reflexão, de valorizar as conquistas do país na luta pela igualdade social e no combate ao preconceito. Ele criticou, no entanto, a “resistência” de alguns setores em não querer garantir direitos às populações negras e aos quilombolas. “É uma ignorância histórica sem precedentes, uma incapacidade da leitura de nossas raízes e irmã do preconceito”, advertiu o petista. Ao elogiar os 25 anos da Fundação Palmares, Fernando Ferro destacou o trabalho da instituição como “instrumento de democracia, cidadania e de direitos humanos”.

O deputado Luiz Alberto (PT-BA), que preside a Frente Parlamentar Mista pela Igualdade Racial e em Defesa dos Quilombolas, reconheceu as conquistas dessas populações nos governo do PT.  Ele solicitou, contudo, que o governo federal dê os instrumentos necessários à Fundação Cultural Palmares, instituição ligada ao Ministério da Cultura, para que suas ações  estejam cada vez mais perto dos brasileiros. “Com o reconhecimento do movimento negro pelo governo, pelo Parlamento e pela sociedade, a Fundação Palmares, com certeza, sairá fortalecida e haverá a política de reparação ao nosso povo”, enfatizou o petista.

Os deputados Erika Kokay (PT-DF) e Paulo Ferreira (PT-RS) também participaram da sessão solene

Durante a sessão solene, o presidente da Fundação Palmares, Hilton Cobra, ressaltou a aproximação com os mantenedores das culturas populares de matriz africana e a necessidade de uma relação mais estreita com o Legislativo. “Uma vez que a Fundação Palmares trabalha por uma nova legislação para a cultura, é preciso estar junto ao legislativo e buscar que os parlamentares disseminem essas questões nas suas bases”.

Participaram também da sessão solene, a ministra da Secretaria de Promoção e Igualdade Racial, Luiza Bairros; representantes do Ministério da Cultura; embaixadores da África e da América Latina; de instituições religiosas, professores, alunos e parlamentares.

Ivana Figueiredo

Ouça o Deputado Edson Santos na Rádio PT

” bg=”dd1a22″ leftbg=”dd1a22″ lefticon=”294781″ track=”ff1b2c” tracker=”ffff00″ text=”000000″ righticon=”294781″ width=”300″ rightbg=”408080″ volslider=”ffffff” skip=”ffffff”]” bg=”dd1a22″ leftbg=”dd1a22″ lefticon=”294781″ track=”ff1b2c” tracker=”ffff00″ text=”000000″ righticon=”294781″ width=”300″ rightbg=”408080″ volslider=”ffffff” skip=”ffffff”]
Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Contrariando Bolsonaro, ministro da Saúde nega guerra química e recomenda isolamento

Ministro Marcelo Queiroga evita entrar em conflito com Bolsonaro na questão da cloroquina,…