Home Portal Notícias Aumenta adesão de escolas públicas ao Programa de Ensino Integral

Aumenta adesão de escolas públicas ao Programa de Ensino Integral

5 min read
0

fatimaManchete

A presidenta Dilma Rousseff destacou nesta segunda-feira (29), em seu programa de rádio “Café com a Presidenta”, a adesão de mais de 49 mil escolas públicas em todo o País ao Programa de Ensino Integral Mais Educação.

Segundo Dilma, o programa reflete o esforço do governo para ampliar o número de alunos do ensino fundamental e médio que estudam em dois turnos nas escolas públicas. “Só em 2013, nós já investimos R$ 1,8 bilhão nesse programa de educação integral”, afirmou a presidenta.

A maior parte dos recursos, de acordo com Dilma, é repassada diretamente para a escola contratar monitores e professores, comprar material e preparar os espaços para receber as crianças nas atividades do chamado contraturno, que é o segundo turno. “O MEC também repassa recurso a mais para as prefeituras para garantir a alimentação de quem fica o dia todo na escola”, explicou Dilma Rousseff.

Durante o programa, Dilma reafirmou a importância da educação integral para alunos e suas famílias na melhoria do aprendizado e a garantia de mais segurança para crianças e adolescentes. “Nenhum País do mundo chegou a se transformar em uma nação desenvolvida sem que as crianças tenham dois turnos na escola, nos colégios”, explicou a presidenta. 

Dilma ressaltou ainda, as atividades a serem realizadas no turno complementar, entre elas, o acompanhamento pedagógico obrigatório, com aulas de reforço escolar em matemática, português, ciência e um idioma; a prática de esportes e a participação dos estudantes em atividades culturais. 

A meta do governo é que 60 mil escolas públicas participem do Programa de Ensino Integral Mais Educação até 2014.  A prioridade, de acordo com Dilma, tem sido as escolas frequentadas pelas crianças mais pobres, que recebem o Bolsa Família e representam hoje, 32 mil escolas de tempo integral. “O nosso objetivo é atender as crianças mais vulneráveis e dar a elas a oportunidade de estudar e melhorar de vida”, disse a presidenta.

Para a coordenadora do Núcleo de Educação da Bancada do PT, deputada Fátima Bezerra (PT-RN), a adesão das escolas públicas ao Programa de Ensino Integral Mais Educação reafirma o compromisso do governo do PT em defesa de uma educação pública gratuita, republicana e de boa qualidade. “A escola pública é o principal passaporte para a conquista da cidadania”, avaliou Fátima.

A petista reiterou, no entanto, a necessidade de o Congresso fazer o seu “dever de casa” e concluir a aprovação do Plano Nacional de Educação (PNE) que prevê 10 % do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação e a aprovação dos royalties para a educação brasileira, cuja votação da matéria deve ser retomada após o recesso parlamentar. “Uma das metas do PNE é garantir que 50% das escolas fundamentais ofereçam educação integral”, disse Fátima Bezerra.

Ivana Figueiredo com Blog do Planalto.

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

PT critica medida de Bolsonaro que libera sorteios pelas TVs: estão criando cassinos, denunciam parlamentares

Com o voto contrário do PT, a Câmara aprovou nesta quarta-feira (3), o texto-base da Medid…