Home Portal Notícias Representação Brasileira no Parlasul condena tratamento dado a Evo Morales

Representação Brasileira no Parlasul condena tratamento dado a Evo Morales

2 min read
0

drrosinha

A Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul (Parlasul) aprovou nesta quarta-feira (3) moção, apresentada pelo deputado Dr. Rosinha (PT-PR), de “veemente repúdio” à decisão de vários países europeus de impedir o pouso do avião em que se encontrava o presidente da Bolívia, Evo Morales. Os parlamentares concordaram, porém, em suprimir os trechos que implicariam influência dos Estados Unidos nos acontecimentos.

O documento ressalta que o avião presidencial foi impedido de sobrevoar territórios de Portugal, Espanha, França e Itália, o que viola o princípio de inviolabilidade dos chefes de Estado e o direito de sobrevoo garantido pela Convenção de Chicago.

Na moção, Dr. Rosinha ainda manifesta indignação com a aterrissagem emergencial do avião de Morales em Viena (Áustria) – o que teria posto em risco a segurança de Morales – e com a atitude das autoridades austríacas, que revistaram a aeronave. “A agressão sofrida pela Bolívia, na pessoa de seu chefe de Estado, representa também, e sobretudo, uma agressão ao Mercosul e a toda a comunidade sul-americana e latino-americana”, declarou.

A proposta de moção assinada por Dr. Rosinha solicita ao Mercosul e à Unasul que se posicionem com urgência sobre o episódio. “A agressão sofrida pela Bolívia, na pessoa de seu Chefe de Estado representa também, e sobtetudo, uma agressão ao Mercosul e a toda a comunidade sul-americana e latino-americana.”

Agência Câmara com equipe PT na Câmara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Boletim 550 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia

Boletim 550 – Comitê Popular em Defesa de Lula e da Democracia Direto de Curitiba &#…