Home Portal Notícias Bancada feminina: Padilha recebe apoio para contratação de médicos estrangeiros

Bancada feminina: Padilha recebe apoio para contratação de médicos estrangeiros

4 min read
0
JanetePietaA bancada feminina da Câmara, coordenada pela deputada Janete Pietá (PT-SP), reuniu-se nesta semana com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.  Durante o encontro, Padilha falou sobre os desafios do ministério, entre eles, o de garantir o atendimento do Programa Assistência Integral à Saúde da Mulher (PAISM), devido à falta de médicos no país.  Segundo o ministro, o Brasil tem apenas 1,8 médicos por mil habitantes, que não estão bem distribuídos nos municípios. Padilha ressaltou, no entanto, que o ministério tem trabalhado em três eixos: financiamento sustentável para o Sistema Único de Saúde (SUS); o aprimoramento da gestão e a formação dos profissionais da saúde.
 
Na avaliação da deputada Janete Pietá a contratação de médicos estrangeiros para trabalharem no país foi uma “decisão acertada” do ministério para evitar os “gargalos” e garantir o atendimento de qualidade à população brasileira. Além da falta de profissionais, como ginecologistas, pediatras, entre outros, nas cidades brasileiras, explicou Pietá, “muitos médicos optam pelos consultórios particulares porque não querem atender  no SUS, prejudicando as comunidades mais carentes”.  Janete Pietá defendeu a ampliação do número de faculdades de Medicina nas periferias das grandes cidades e maior estímulo aos estudantes carentes que almejam à profissão, mas não têm renda. 
 
A deputada Marina Sant’Anna (PT-GO) destacou os preconceitos da elite brasileira em relação à universalização da saúde, em particular, a  contratação de médicos estrangeiros para atender a demanda do país. “Temos uma defasagem muito grande de médicos em lugares distantes e nas periferias das grandes cidades”, ressaltou a deputada. De acordo com Marina, a população merece atendimento de qualidade e o governo federal está desenvolvendo um rol de iniciativas para suprir a demanda. “Os caminhos traçados pelo governo promoverão respostas de imediato e darão base ao atendimento universalizado, como é o anseio de toda a sociedade”, explicou Marina Sant’Anna.
 
As duas deputadas  do PT elogiaram o programa Saúde da Mulher que não é voltado unicamente para a relação materno-infantil, mas incorpora a assistência à mulher em todas as etapas da vida. 
 
Ivana com Assessoria Parlamentar da deputada Marina Sant’Anna. 
Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Lactantes pela Vacina: duas vidas salvas

Por Alexandre Padilha   No início do mês de maio soube pelas redes sociais do movimen…