Home Portal Notícias Dilma: Boato sobre fim do Bolsa Família é desumano e criminoso

Dilma: Boato sobre fim do Bolsa Família é desumano e criminoso

4 min read
0

sibamachado

A presidenta Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira (20) que o boato a respeito da interrupção do Programa Bolsa Família é “desumano e criminoso”. Em discurso durante cerimônia de entrega do navio petroleiro Zumbi dos Palmares, em Ipojuca (PE), Dilma pediu que os brasileiros não acreditem nos boatos.

“Eu queria deixar claro o compromisso do meu governo com o Bolsa Família: é um compromisso forte, profundo e definitivo. Não abriremos mão do Bolsa Família (…) Não acreditem nos boatos, porque os boatos desse país às vezes ocorrem de forma surpreendente. Brasileiros ainda têm e terão durante algum tempo que receber o benefício do Bolsa Família. O que aconteceu no Brasil sábado foi falso, negativo e levou intranquilidade às famílias que recebem o Bolsa Família”, afirmou.

No domingo (19), o ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome divulgou nota de esclarecimento sobre os boatos e encaminhou pedido de providências ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, que já determinou a abertura de inquérito policial para apurar os fatos com o máximo rigor.

Parlamentares da Bancada do PT na Câmara criticaram o boato.

O deputado Sibá Machado (PT-AC) afirmou que “se é para fazer política, então vamos fazer um bom debate político no Congresso”.  Quem está pensando em fazer política dessa maneira, acrescentou o petista, “com esse tipo de assunto, está redondamente enganado,  e, com certeza, vai dar um tiro no pé, na política nacional”, avaliou Sibá Machado.

O deputado Fernando Ferro (PT-PE),  classificou o boato de “estranho”.  Para ele, foi uma atitude “irresponsável” e “criminosa”. “É uma delinquência com conteúdo político. É a segunda vez que se tenta criar um ambiente de instabilidade no país”.  Ferro se referiu à falsa informação que circulou, à véspera da realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em 2012 de que o exame fora cancelado.

Ferro acredita que o novo boato foi uma ação “orquestrada” por aqueles que, segundo ele, não gostam do Programa e tentam promover o tumulto. “Espero que esses setores não tenham cometido essa irresponsabilidade. A Polícia Federal está investigando o caso e deverá chegar aos autores dessa ação criminosa”, afirmou Fernando Ferro. 

Equipe PT na Câmara

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Câmara rejeita texto do Senado e mantém lista de produtos proibidos de exportação durante a pandemia

O plenário da Câmara rejeitou nesta terça-feira (31), as modificações feitas pelo Senado a…