Home Portal Notícias Pellegrino debate transferência de tecnologia com empresa francesa

Pellegrino debate transferência de tecnologia com empresa francesa

3 min read
0

pellegrino thales
O presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN), da Câmara dos Deputados, deputado Nelson Pellegrino (PT-BA), discutiu a transferência de tecnologia de projetos militares com o presidente para a América Latina da Thales, empresa francesa controlada pelo governo daquele país. Segundo ele, “o Brasil tem suas responsabilidades internacionais com foco nos interesses nacionais. E neste contexto, o compartilhamento de tecnologias é fundamental”, disse Pellegrino.

De acordo com Cesar Kuberek, presidente da empresa, “a Thales enxerga no Brasil um mercado potencial tanto pela quantidade de projetos e equipamentos necessários, quanto pelo interesse do país em modernizar sua infraestrutura de Defesa. A parceria com o Brasil vai nos permitir vamos exportar para toda a região”.

A Thales pretende transferir tecnologia para empresas brasileiras que, posteriormente, serão transformadas em parceiras e fornecedoras em projetos voltados para a América Latina.

Há sete meses no cargo, Kuberek explicou que as mais recentes mudanças implementadas pelo governo brasileiro em relação às compras militares e os projetos estratégicos das Forças Armadas motivaram a empresa a transferir sua sede do México para o Brasil.

Em junho, Pellegrino coordenará missão parlamentar à feira de Le Bougert, um dos maiores e mais tradicionais eventos aeronáuticos do mundo, na França. A comitiva visitará as instalações de Cherbourg, distante 320 km de Paris, para conhecer detalhes do projeto de submarinos desenvolvido pelos dois países. Está prevista ainda uma visita a Toulouse, para conhecer a expertise da Thales na fabricação de satélites de uso civil e militar.

(Assessoria CREDN)

Foto: Marcelo Rech/CREDN 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Lactantes pela Vacina: duas vidas salvas

Por Alexandre Padilha   No início do mês de maio soube pelas redes sociais do movimen…