Home Portal Notícias Lula recebe hoje homenagem em Nova York por atuação no combate à pobreza

Lula recebe hoje homenagem em Nova York por atuação no combate à pobreza

7 min read
0
lulapositivo2
Foto: Ricardo Stuckert
 
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será homenageado hoje (22) , em Nova York, no jantar anual do prêmio Em Busca da Paz, promovido pelo International Crisis Group (http://www.crisisgroup.org/), junto com o presidente de Mianmar, Thein Sein. Segundo a organização, o Prêmio do Crisis Group “é uma oportunidade para celebrar figuras inspiradoras do governo, diplomacia e políticas públicas, cuja liderança visionária tenha transformado a vida de milhões e trazido a promessa de um mundo livre de conflitos”. 
 
O ex-presidente dos EUA Bill  Clinton e o Prêmio Nobel da Paz Martti Ahtisaari e o financista e filantropo George Soros são algumas das personalidades que já receberam a honraria.
 
O prêmio para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, segundo comunicado do Crisis Group, é por ele ter  “impulsionado (o Brasil) a uma nova era econômica e política, tirando milhões de pessoas da pobreza. Sobre esta base sólida, seu governo se tornou um ator regional e mundial crucial, com uma agenda social e trazendo uma abordagem Sul-Sul para a cooperação internacional e o desenvolvimento global”.
 
A organização lembra ainda que  Lula ofereceu aos seus vizinhos regionais uma parceria, fazendo da integração uma realidade concreta. A diplomacia brasileira também ajudou os seus vizinhos da América do Sul a enfrentar suas próprias crises internas. Além disso, a solidariedade do Brasil para com a África também foi notável, com o país abrindo 17 novas missões diplomáticas no continente durante o governo de Lula. O Brasil também assumiu o comando da operação de manutenção da paz no Haiti e da parte naval da missão da ONU no Líbano.
 
“O governo Lula desenvolveu uma diplomacia autônoma, em harmonia com as exigências da globalização e com os seus projetos de desenvolvimento. Alianças variáveis permitiram a nação a exercer uma presença mundial e aprofundar sua influência. Coalizões, parcerias estratégicas e novas alianças do Brasil permitiram ao país e a seus parceiros preencher o vácuo de poder no campo internacional.”
 
 Hoje, em Nova York, Lula também fará uma palestra para investidores promovida pelo banco BTG Pactual.  Lula está desde a semana passada no exterior. Na  sexta-feira (19), Lula participou  no estado de Chiapas, no México, a convite do governo mexicano,  do lançamento da Cruzada Nacional contra a Fome  (http://sinhambre.gob.mx/). No evento, junto com o presidente Enrique Peña Nieto, Lula falou das experiências bem sucedidas do Brasil no combate à fome e à miséria.
 
No sábado (20), Lula e viajou para Washington, nos Estados Unidos, onde participou  do jantar oferecido pela Africare para falar sobre o combate à pobreza na África. Ele entregou o  prêmio de liderança da da entidade deste ano para   Mo Ibrahim, pela sua atuação em favor do desenvolvimento e redução da pobreza na África. Mo Ibrahim, é um empresário sudanês, fundador da Mo Ibrahim Foundation  (http://www.moibrahimfoundation.org/) que trabalha para melhorar a governança dos países africanos. 
 
Lula, que foi o vencedor do prêmio de liderança (African Leadership Aeard) em 2011, em reconhecimento às suas “incontáveis contribuições ao comércio, investimento e relações diplomáticas entre Brasil e África” enquanto foi presidente do Brasil. O governo Lula mudou a prioridade da política externa brasileira e trabalhou para ampliar as relações entre o Brasil e os países africanos. Foram 33 viagens presidenciais ao continente, com a criação de 19 novas embaixadas.O prêmio de 2011 foi dado a Lula, mas ele não pode comparecer, por problemas de saúde.
   
 
Equipe PT na Câmara, com informações da assessoria de imprensa do Instituto Lula
 
 
Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

PT cobra da PGR ações contra ministro do Meio Ambiente por omissão no derramamento de petróleo no mar do Nordeste

A Bancada do PT na Câmara protocolou hoje (14), na Procuradoria–Geral da República, repres…