Home Portal Notícias Emiliano lembra assassinato de Carlos Lamarca

Emiliano lembra assassinato de Carlos Lamarca

2 min read
0

O deputado Emiliano José (PT-BA) lembrou hoje, em pronunciamento no plenário, os 38 anos do assassinato do Capitão Carlos Lamarca, ocorrido em 17 de setembro de 1971, durante a ditadura militar. Oficial do Exército Brasileiro, Carlos Lamarca se rebelou contra a ditadura e tentou iniciar uma luta de guerrilha no Brasil. Foi derrotado e acabou executado, juntamente com muitos de seus companheiros, numa pequena localidade do sertão da Bahia chamada Pintada, município de Ipupiara, a mil quilômetros de Salvador.

Emiliano José ressaltou que passados 38 anos da morte de Lamarca e de seus companheiros, “eles são reverenciados como mártires do povo brasileiro”. O parlamentar petista se referia à Lei sancionada pelo prefeito de Brotas de Macaúbas, Litercílio Júnior, do PT, decretando o dia 17 de setembro como feriado municipal.

“Em Brotas de Macaúbas a ditadura militar espalhou terror, matando e torturando inocentes. Hoje o povo do município reage. Elege um prefeito do PT. E a Câmara Municipal tem a tranqüilidade de votar uma lei estabelecendo feriado municipal no dia da morte de Lamarca e seus companheiros. Nunca nos esqueceremos dos que deram sua vida pela liberdade. Nunca nos esqueceremos dos que lutaram contra a ditadura. Da ditadura, nos lembramos com indignação, com nojo. Ditadura nunca mais”, afirmou o deputado Emiliano José.

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

Airton Faleiro e Benedita promovem na Câmara debate sobre a cultura do Oeste do Pará

A Câmara dos Deputados viveu um momento cultural histórico nesta segunda-feira (19). Parti…