Home Portal Notícias Redução da jornada gera empregos e qualifica trabalhador

Redução da jornada gera empregos e qualifica trabalhador

3 min read
0
Parlamentares da bancada petista na Câmara reafirmaram nesta terça-feira os ganhos para a economia brasileira com a redução da jornada semanal de trabalho de 44 horas para 40 horas semanais. A defesa foi feita em meio a uma intensa mobilização social na Câmara em favor da proposta, discutida em comissão geral no plenário. A geração de empregos e a possibilidade de o trabalhador investir em qualificação profissional foram os principais aspectos defendidos pelos parlamentares.

Segundo o deputado José Genoino (PT-SP), “a diminuição da jornada de trabalho incentiva a geração de empregos”, afirmou. Para a deputada Fátima Bezerra (PT-RN), “o mundo do trabalho hoje, mais do que nunca, contempla a redução da jornada na lei. “É falácia dizer que isso vai significar desemprego. Pequisas mostram claramente que teremos aumento de postos de trabalho com a redução da jornada”, disse.

Na avaliação dos deputados Pedro Wilson (PT-GO), Odair Cunha (PT-MG), Jilmar Tatto (PT-SP) e Fernando Ferro (PT-PE), há uma aceitação da maioria das lideranças partidárias que a votar da proposta ainda este ano. “A mobilização dos trabalhadores será fundamental para aprovamos isso”, destacou Ferro.

. O líder do governo na Câmara, deputado Henrique Fontana (PT-RS), afirmou que o momento é de negociação. “Podemos encontrar uma forma negociada de reduzir essa jornada .Quem sabe que ela se dê de forma progressiva. Talvez isso permitisse vencer a resistência colocada pelos sindicatos patronais. Poderíamos testar, na prática, a redução de dois anos, avaliar o impacto e, no ano seguinte, colocar em vigor os outros dois anos de redução. Não podemos postergar esta pauta, por isso, temos de negociar”, disse.

Equipe Informes

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

PSB quer anular no STF decisões judiciais que mantém Lula preso

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) protocolou junto ao Supremo Tribunal Federal (STF), …