Home Portal Notícias Governo muda composição da Confecom

Governo muda composição da Confecom

2 min read
0
O governo abriu mão do número de delegados a que teria direito na 1ª Conferência Nacional de Comunicação (Confecom) para tentar evitar a ausência de parte dos veículos de comunicação que anunciaram na semana passada o abandono do evento. A medida foi anunciada nesta terça-feira pelos ministros Hélio Costa (Comunicações), Luiz Dulci (Secretaria-Geral da Presidência da República) e Franklin Martins (Comunicação Social). O Executivo ficará com 20% dos delegados e o restante será divididos, proporcionalmente, entre representantes da sociedade civil e empresas. Anteriormente a escolha seria de um terço para esse segmento.

A reunião com os três ministros contou com a participação da Associação Brasileira de Telecomunicações, que representa as teles, e a Associação Brasileira de Radiodifusores, que congrega a Band e a RedeTV. Outra decisão refere-se à votação de temas sensíveis, que exigirão quorum qualificado em vez de maioria simples. “Com o novo formato decidido pelo comitê, o receio de certos segmentos empresariais será desfeito”, disse a deputada Cida Diogo (PT-RJ), que preside a subcomissão especial da Câmara criada para acompanhar os preparativos para a conferência.

A deputada manifestou expectativa de que as empresas de comunicação como um todo deverão estar presentes à Confecom, prevista para dezembro. Seis das oito entidades empresariais abandonaram o comitê organizador. “É importante a participação de todos os segmentos para que tenham, de fato, uma a democratização dos meios de comunicação no Brasil”, disse Cida Diogo.

Equipe Informes

 

Carregar mais notícias
Comments are closed.

Vejam também

PT cobra da PGR suspensão de edital cultural da Eletrobrás por suspeita de direcionamento

Bancada do PT na Câmara protocolou nesta sexta-feira (16), na Procuradoria-Geral da Repúbl…